Lavrador de Palavras

madrugada bruta........................
........frios latidos
ecoam pela cidade
...........finos gemidos
de fêmeas no cio...
...
algumas lágrimas
e outros soluços....................
.............................................de crianças na rua
...
madrugada bruta......................
.............................eu já de caneta nas costas
...........................sou lavrador de palavras

Um comentário:

Sono

A sombra da noite persegue meu dia soca meus olhos beija meu corpo afaga meu ego e se desfaz