O Óbvio



Que frio...
minha luva!

Meu brio...
uma uva!

Bombril...
uma ova!

Sorriu...
uma prova!

Partiu...
Uma cova!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sono

A sombra da noite persegue meu dia soca meus olhos beija meu corpo afaga meu ego e se desfaz