6.12.05

BIBLIOTECA LIVRE??? AMÉM!!!

Dando aquela voltinha virtual básica, passei pelo blog do Marcelino Freire (eraOdito) e lá vi um link para a Biblioteca Livre, um projeto do Jean Scharlau.
Confesso que fiquei deslumbrado com a idéia fantástica de uma Biblioteca Livre. Resumindo a idéia do projeto, funciona assim: o sujeito liberta um livro que gosta muinnnnnto para um amigo ou uma amiga e esse amigo ou essa amiga liberta para outro(a) e assim por diante. E se o sujeito não gosta muito tem que libertar, não se pode prender o livro. Isso é explêndido!!! A gente vê por aí (escolas, faculdades) bibliotecas onde os alunos não podem sequer escolher os livros na prateleira...
A Biblioteca Livre "é muito engraçada", como diria nosso Vinícius de Moraes: não tem parede, não tem chão, não tem teto, não tem nada. O livro é livre. LivroLivre!!! É livro para ser lido. LivroLido!!!
Fiquei tão encantado que já libertei um exemplar de "A Palavra é Mistério", Editora Scipione, 1995, contos de autores consagrados (Machado, Drummond, Rubem Braga, etc.) selecionados por Ricardo Ramos. Fiz o procedimento como manda o figurino da Biblioteca Livre e vamos que vamos!!!
E nesse tempo já recebi a resposta do caro amigo Jean Scharlau, que já me linkou por lá... Êta maravilha, thê!!! rss
Vale a pena conferir. Abraços a todos(as)!!!
***
P.S.: Que prazer libertar um livro!!! E melhor ainda que as pessoas se encantam pela idéia de uma Biblioteca Livre. Fiquei extremamente feliz com a primeira libertação.

5 comentários:

  1. Ótima idéia, Justino! Esta de colocar o endereço da BIBLIOTECA LIVRE nos libertados livros, pois servirá de referência irradiadora da noção de que aquele livro e seus leitores são participantes e constroem um grande projeto. Convém também colocar o endereço-e do libertador, caso possua.
    Achei ótima também esta comparação que fizeste da biliv com a casa do Vinicius. Abração! Jean.

    ResponderExcluir
  2. Eu conhecia esse projeto e já pus em prática... o que eu tinha ouvido falar era deixar o livro em um banco de uma praça ou qualquer lugar público, assim qualquer pessoa poderia ler. É necessário certo desprendimento com o livro, vou te falar...
    A primeira pessoa para quem eu passei o livro foi para a Camila Andrietta, "Perto do coração selvagem" - o livro de estréia da Clarice Lispector, que me fascinou tanto pelo fato dela ter escrito aos 20 anos - pois a abordagem dos assuntos é extremamente madura - quanto pelos nós que ela deixa na nossa cabeça, impossível ler e sair ileso...
    Vamos ver hehe, eu espero um dia o livro voltar para mim mais uma vez.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. fui olhar no blog do seu amigo, o que eu tinha ouvido falar era um projeto europeu. Mas muito legal saber que as pessoas em várias partes do mundo têm as mesmas preocupações e muitas vezes as soluções são parecidas! espero que dê certo a biblioteca livre iniciada por vc!
    bjos!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por sua simpática visita ao meu Blog. Parabéns pelo seu, meu desejo é de que possas distribuir, na rede, seus ensinamentos e impressões sobre a vida.

    Obrigadíssima!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. A chinit tem um livro liberto, que eu já li e passei para uma amiga. Vou libertar um livro meu, ainda vou escolher qual!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...