Dane-se

dane-se o tempo, danem-se as vontades
dane-se o ser, dane-se a confiança
todo o mundo é composto de danança
danando sempre em todas as idades
***
Um abraço para Camões!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sono

A sombra da noite persegue meu dia soca meus olhos beija meu corpo afaga meu ego e se desfaz