7.9.05

Verde Bandeira



Ferem-te e segues,

em pés leves,

de bem em breve.

Tem quem te pegue?

...

Verdes que, de verde,

quem quer se lembre

que nem cedo vedes,

esse verde leve e sempre.

...

Vê que sem terdes

este leque em mente,

de pé perdes

em vezes de repente.

...

Quem deste verde bebe

de se encher,

pense que dele se serve

quem quer apenas viver.

...

Este poema está no livro Gritos de Liberdade. Observe que o poema foi escrito usando-se a vogal e, exceto as palavras bandeira do título e apenas e viver do último verso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...