Espaço Qualquer

Me sinto deslocado
Num canto qualquer
Do imóvel
Locado
Numa esquina qualquer
Numa ex-quina qualquer
Do móvel
Deslocalizado
Num espaço qualquer
Entre a minha angústia
E as paredes gélidas
De um espaço qualquer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sono

A sombra da noite persegue meu dia soca meus olhos beija meu corpo afaga meu ego e se desfaz