28.9.05

Dois MicroPoemas

Palavra Dura
...
A palavra dura na garganta
não desce nem sobe
para ser vomitada
...
A palavra dura na garganta
machuca minha alma
já muito cansada
...
Como uma farpa na garganta
a palavra é silêncio
que quer gritar
...................................................................................................
Presente
...
Olhos nos olhos
boca na boca
...
Quebro o relógio
pro tempo parar
e congelar nosso beijo
...
e
t
e
r
n
a
m
e
n
t
e
...
hoje
...
Do livro Quando Uma Alma Encontra Outra

Um comentário:

  1. Seja sempre autêntico...seus poemas são expressões da alma e do coração...
    bjs, Marli

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...