A Bunda do Bonde

a bunda do bonde
(canguru metálico)
nua na rua
desfila discreta
sem pudor peida
monóxido de carbono
...
há muitas bundas numa rua
ninguém vê COcô
na bunda do bonde

Um comentário:

  1. Maravilhoso...continue autentico em seu poemas...
    bjs, marli

    ResponderExcluir

Sono

A sombra da noite persegue meu dia soca meus olhos beija meu corpo afaga meu ego e se desfaz